Como lidar com a falta de apoio?

Uma das coisas mais dificeis de enfrentar quando se começa uma atividade é o fato de que nem todo mundo vai te entender e muito menos te apoiar. Independente do que você começar a fazer, sempre vai ter alguém que vai te puxar pra trás com comentarios negativos ou simplesmente te dizendo que não vale a pena tentar, que não vai dar certo ou as vezes, inclusive chegando a dizer que você näo é bom o suficiente pra se arriscar. Isto dói e muito, e dói mais ainda quando vem de pessoas que você menos espera . Imagina quão maravilhoso seria começar um emprendimento ou atividade e todo mundo torçer por você, sua familia, seus amigos, todos. Seria perfeito mas não é assim que acontece na maioria das vezes.

Lembro de quando começei a treinar Taekwondo lá no Chile em 95. Eu já tinha problemas com meu peso, minha autoestima não era das melhores e assim que fiz meu primeiro exame, lembro os comentários do meu padrastro : “você devia esquecer isso”, “você não tem agilidade pra as artes marciais”. Pra piorar, meu avô ao invés de me defender, também me colocou pra baixo, me deixando num nivel de desánimo que me fez desistir após 5-6 meses de treinamento embora gostasse muito. Anos mais tarde, específicamente em agosto de 2007, já no Brasil, quando finalmente rendi e aprovei pra faixa preta, foi impossível näo lembrar daquelas palavras e “incentivos”. Como assim ? Eu devia ter raiva, né? Na verdade, isso é pessoal e pra mim, essa energía negativa que veio de tão perto, ne desanimou e me fez desistir mas não esqueci meu sonho e a tão sonhada faixa preta é minha e ninguém tira.

A mesma coisa vem acontecendo desde que começei correr. Desta vez os comentários não vem da minha família mas sim de pessoas conhecidas, que acham que desde o conforto das suas casas podem opinar referente a que eu posso ou não fazer. Tive colegas de trabalho que fizeram piadas por meses devido a minha obsessão treinando de madrugada ou as vezes quando viajava após o trabalho pra outra cidade só pra participar em alguma corrida. Era chamado de louco. Escutei mil vezes : “você corre e corre e continua gordo”, “ você corre pra qué? Nunca ganha” . Comentários assim são normais e acredito que não sou o único corredor que experimenta isto.

O importante é o que você vai fazer com esses comentários. Vai deixar as pessoas te desanimar ou vai continuar tentando no seu objetivo? Não importa o que você almeje. Pode ser desde perder um par de kilos, até correr profissionalmente. Não interessa. O objetivo é seu e a vitória e só sua. Não permita que ninguém atrapalhe teu caminho. Nem pense em desistir.

Tua “faixa preta” está esperando por você…